domingo, 17 de janeiro de 2010

Passos. Atos. Arte. Vida.

Passos.
Se ao longo de minha vida tiver mudado a vida de pelo menos uma pessoa, tudo terá valido a pena. Amigos, amores, alunos, leitores, ou mesmo desconhecidos. Devo ensinar com meus atos, encantar com meus gestos, transformar com meus passos, ajudar, ainda que apenas com um sorriso, se somente isso estiver ao meu alcance. Se eu puder mudar um pedacinho do mundo a cada instante, nenhum momento terá sido vão.
Atos.
Num fim de tarde, voltando para casa depois do trabalho, por uma sucessão de acontecimentos, perdi alguém muito importante. Então me vi tão sozinho, era uma ilha vazia encerrada no escuro. Bastou, no entanto, um sorriso caloroso e um entusiástico "boa tarde" da cobradora do ônibus para que minha angústia se retraísse, aliviando minha dor pelo resto do trajeto. Comecei a observá-la. Percebi que seu cumprimento, juntamente com seu sorriso tão intenso, se repetia a cada passageiro que entrava, e mesmo um simples sorriso de cada desconhecido já era retorno suficiente para que ela continuasse seu ato de distribuir felicidade. Talvez ela nem tivesse noção do poder dessa pequena ação, mas com isso ela acabou se eternizando em minha memória, se eternizando nessas palavras aqui escritas.
Arte.
Quão inspiradora é a música! É fantástica sua capacidade de injetar tantas tonalidades de sentimento em nós. Por vezes nos enche de nós mesmos; por outras, nos faz sentir tão ínfimos diante de tudo. Às vezes se agarra à nossa memória e nos arrasta de volta ao passado. Vemos tudo que já se foi com outros olhos. E a música acaba por nos fazer chorar nos momentos nostálgicos, quando nos damos conta de que tudo que passou não voltará jamais. Uma música pode influenciar decisões, mudar a história. Assim como um filme, um livro, uma palavra.
Vida.
Nossos atos, nossos projetos, nossas criações podem sim nos eternizar em alguém. Acredite em seu sorriso, em seus abraços, em seu amor. Permita-se chorar quando bate a saudade, abraçar calorosamente nos reencontros, beijar com afeto, se o amor é intenso, soluçar quando é hora de ir embora. E, no fim, saberemos que de fato vivemos, e permaneceremos nos corações dos que foram tocados por nós.

5 comentários:

Teofaga disse...

Se tem algo nesses anos q eu aprendi, é q um sorriso tem força. Engraçado q a gnt só percebe qnd sente na pele. Ja passei por momentos difíceis que um sorriso ou um abraço foram mais do que importantes. É nossa obrigação passar adiante :D

Bruna monteiro disse...

Você a cada dia me surpreende mais!

pralini disse...

é, PH surpreende a gente em tudo. E é em cada gesto simples, um sorriso, em ser sempre sincero (:

amo cada vez mais :~~ n sei o q seria de mim sem ele (parece exagero mas n é, acho que ele sempre estará comigo)

Xavier disse...

Philipe... esse texto me emocionou muito.. eu adoro do seus textos... vc é um artista

Tatah disse...

Texto muito bom. Eu gosto de intensidade...